quarta-feira, 9 de maio de 2012

A história do Instituto Estadual de Educação Guilherme Clemente Koehler de Ijuí - o "Polivalente!"

O "Polivalente" a partir do Google Earth

Histórico da Escola*

O Instituto Estadual de Educação Guilherme Clemente Koehler, foi fundada no ano de 1970, no Bairro Burtet, de Ijuí conhecida popularmente desde então por "Polivalente", por oferecer o ensino de disciplinas técnicas, juntamente com o ensino de disciplinas do núcleo comum.
A partir do dia 16 de janeiro de 1972, surgiu a escola de Área de Ijuí resultado de um programa do MEC de expansão e melhoria do ensino (PREMEN). A escola conhecida como Polivalente, oferecia uma iniciação técnica associada à educação geral, de 5ª a 8ª série. O aluno, com horário integral na escola, desenvolvia atividades práticas e teóricas. As salas ambientes, bem equipadas, ofereciam diferentes opções aos alunos: Técnicas Domésticas, Industriais, Comerciais e Agrícolas.
A escola de Área de Ijuí desenvolvia ações pedagógicas em conjunto com 5 escolas municipais chamadas "Tributárias", localizadas nas imediações da escola, onde o aluno cursava as 4 primeiras séries do Ensino Fundamental.
Com as sucessivas modificações no sistema de ensino, a escola foi sofrendo reorganizações deixando de ser Escola de Área e passando chamar-se Ginásio Estadual de Ijuí.
Vista da Escola também a partir do Google Earth, em relação ao bairro Burtet onde encontra-se localizada
Em 1980 passou a chamar-se Escola Estadual de 1º Grau Guilherme Clemente Koehler, em homenagem ao referido professor, que tornou-se inesquecível pela sua carreira educacional em Ijuí, marcada pelo movimento conjunto da escola, comunidade, Governo estadual e Municipal, ao longo de 30 anos em prol da educação local e regional.
O educador Guilherme Clemente Koehler construiu um prédio de madeira, que atendia as necessidades educacionais e as exigências do MEC. Em 18 de março de 1941, foi inaugurado o Ginásio Duque de Caxias, no local onde hoje funciona o colégio Ruyzão. Alargando suas atividades, adquiriu material didático, organizou um bom campo de esportes, comprou material para a prática de Educação Física, preocupou-se pelas boas instalações do internato e contratou um corpo docente capaz. Assim, de posse de bons recursos físicos e humanos, recebeu a permisão de funcionamento a título precário do então Ginásio Duque de Caxias.
Em 1967 a escola transferiu-se para o vizinho município de Augusto Pestana. Em 1970, faleceu o professor Koehler e em 1974 foram encerradas as atividades de sua escola em Augusto Pestana, findando uma história de dedicação e luta a nível local e regional.
Por tudo isso, justifica-se a escolha do professor Koehler para patrono da escola, é o reconhecimento da comunidade escolar pelo valioso trabalho do Velho Mestre.
 O I.E.E. Guilherme Clemente Koehler possui desde 1983, o Currículo por Atividades da 1ª a 4ª série. Em 1986 foi criado o 2º Grau Noturno, com o cursode Formação Básica em Administração e Comércio, auxiliando a formação dos alunos para o setor terciário desta comunidade. Em 1991, a escola iniciou o curso de 2º Grau diurno, Habilitação em Magistério, suprindo antiga lacuna da rede pública: A formação de professores para as séries iniciais, identificado com o meio onde atuará, ou seja, com as classes populares. Em 1996 foi autorizado o funcionamento de duas turmas de Jardim de Infância - Nível B.
Com a História da escola, está relação de diversos professores que fizeram parte da direção da mesma:

    - 1972 - Professor Gervino Michael
    - 1973 a 1976 - Professor Seno Schneider
    - 1976 a 1984 - Professor Rosalino Polita
    - 1985 - Professor Mauro Sandri
    - 1986 a 1988 - Professor Edson François
    - 1989 a 1991 - Professora Bernardete Oppermann
    - 1992 a 1994 - Professora Lizany Zimmermann
    - 1995 a 1997 - Professora Maria Romi Nachtigall
    - 1998 a 1999 - Professora Astrid Schmidt
    - 2000 a 2001 - Professora Neiva Ardenghi
    - 2002 a 2003 - Lourdes Garzão Goi

    A partir de 2004, assume a direção a professora Rosmari Marodin Gobo, a qual permanece no atual período.
Não podemos deixar de fazer referência à implantação do calendário rotativo no ano de 1993, no Curso Magistério quando a escola chegou a ter 15 turmas do referido curso em 1994. Os problemas foram muitos: falta de espaço físico, de professores e espaços para reuniões pedagógicas. Em 1995 a escola solicitou ao CIEP o empréstimo de salas de aula e chegou-se ao excessivo número de 120 alunos aptos ao estágio do curso, nas escolas de 1ª a 4ª série de Ijuí e região. Com redobrado esforço da equipe diretiva e supervisão de estágio e professores, com o auxílio da SMEC e DE conseguiu-se oferecer estágio para todos esses alunos. A partir de 1996, voltou-se ao Calendário Único para o Curso Magistério, diminuindo em grande parte os problemas enfrentados na Supervisão de estágios e na realização dos mesmos. É importante destacar também, que no ano de 2002 foi implantado o Curso Normal Noturno para alunos que já tem ensino médio.
Ao longo da história, a escola vem se destacando pelo trabalho participativo dos pais, desempenho dos profissionais da educação, dedicação dos auxiliares, pela participação constante da equipe administrativa e pedagógica, do Conselho Escolar, do CPM e do Grêmio Estudantil.
A escola projeta-se em relação ao saber e a vivência dos valores decisivos na vida do aluno, sendo que a meta prioritária continua sendo o setor pedagógico da escola.
Esta é a história de uma escola que cresce e se modifica para oferecer uma educação comprometida com o tempo atual e suas exigências.

Dados de identificação:


INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO GUILHERME CLEMENTE KOEHLER
RUA ARISTEU PEREIRA, 983
B. BURTET
FONE/FAX 0XX55.3332.8250
98700-000 IJUÍ-RS

CURSOS OFERECIDOS
Educação Infantil -
Ensino Fundamental - Diurno 1º ao 8º ano
Curso Normal 1º ao  4º ano 
Ensino Médio Noturno -
Curso  Normal  Noturno: Aproveitamento de Estudos


Patrono da Escola: Professor Guilherme Clemente Koehler

     Nasceu no dia 7 de abril de 1901, em Santa Cruz do Sul. Já professor e casado fixou em 1937 residência em Ijuí, onde seu dinamismo e entusiasmo pela educação logo se m anifestaram, fundando em 20 de fevereiro de 1938, o Instituto Comercial Ijuí. Assim torno-se o "pioneiro do ensino secundário", na cidade. No início foi difícil. A experiência pioneira foi muito modesta. No seu iniciar, apenas 7 alunos se apresentaram, mas no final do ano a matrícula encerrou com 92 estudantes, entre aulas diurnas e noturnas.  
      O eminente  educador faleceu em 14 de novembro de 1970, na cidade de Ijuí. (Fonte: Guia Biográfico das Ruas de Ijuí, 1982, de Luis Carlos Ávila).

*Fonte: O histórico publicado acima foi totalmente extraído do site da Escola, disponível em: http://www.polivalenteijui.g12.br/
 
Postar um comentário