domingo, 6 de fevereiro de 2011

Construção da ponte sobre o rio Ijuí na cidade de Entre-Ijuí e Santo Ângelo

1. A magnífica ponte de rodagem sobre o rio Ijuí Grande, próxima a Vila (hoje cidade de Entre-Ijuí) foi construída pelo então governador do Estado Dr. Borges de Medeiros.
 2. Imagens da bela “Picada”e esplêndida estrada que conduz a aludida ponte.
3. Passagem no rio Ijuizinho, de balsa, caminho para a cidade de São Luiz Gonzaga.
Na foto acima é possível observar a ponte do Rio Ijuí em madeira e a estrada que dava acesso a mesma em 1922.
    No blog “Santo Ângelo em Fatos e Fotos” administrado por Darlan Marchi e Eunísia Inês Kilian, com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Juventude de Santo Ângelo trás um excelente registro histórico sobre a construção da ponte sobre o Rio Ijuí Grande que liga os municípios de  Santo Ângelo a Entre-Ijuís e às rodovias que dão acesso a demais localidades do estado.  Eis um extrato do texto lá disponível: (http://santoangeloemfatosefotos.blogspot.com/2010/03/ponte-sobre-o-rio-ijui.html):

Parece-nos impossível imaginar que um dia ela não estava naquele lugar e que a travessia se dava por balsa ou por dentro d’água. A primeira ponte foi de madeira, construída no inicio do século passado e teve uma enorme importância para o desenvolvimento da cidade. Clemente Sieverding, agrimensor alemão estabelecido na margem do Rio Ijuí Grande por volta de 1920, veterano da Primeira Guerra, foi quem projetou a ponte de madeira cuja foto é aqui veiculada. Seu filho Carlos, hoje com mais de 80 anos, felizmente lúcido, conhecido por SEU BUBI, ainda vive na mesma propriedade da família. Clemente não assinou a obra porque não era engenheiro diplomado. 
Em uma das mensagens apresentadas pelo intendente Coronel Braulio de Oliveira, ao Conselho Municipal de Santo Ângelo no ano de 1904 ele transcreve um documento do governo do estado no que se refere a construção da primeira ponte de madeira sobre o Rio Ijuí Grande. O relatório diz o seguinte:

“Por ordem do illustre dr. Parobé, digno secretario de obras publicas foi autorisado o diretor da Colônia Ijuhy, nosso amigo dr. Augusto Pestana, a mandar cortar a madeira e fazer transportal-a para o local da obra, para a ponte de rodagem que vae construir-se no passo geral sobre o Ijuhy Grande, seis kilometros distante da prospera villa de Santo Ângelo, em Missões.
Esta importante ponte, que tem 224 metros de secção de vasão, dois encontros, seis pillares de alvenaria e sete apoios sobre estacada, corresponde à uma vital necessidade para a viação fácil e rápida entre os municípios de Cruz Alta, Santo ângelo, São Luiz e Palmeira, feracíssimos na producção agricola e cujos campos apropriam-se admiravelmente a creação vaccum, cavallar e muar.
O nosso eminente chefe dr. Borges de Medeiros, cuja actividade profícua e creadora está voltada ao desenvolvimento material e moral do Rio Grande do Sul, como genuíno e acatado sucessor do inviolável extincto dr. Julio de Castilhos, promove incessantemente toda a sorte de melhoramentos para facilitar a vida e economica e industrial de nosso caro Estado.
O orgam republicano se regosija em registrar factos uteis que attestam a benemerencia da nossa administração e envia parabens aos conspícuos amigos general Firmino de Paula e coronel Bráulio Oliveira que tanto esforçaram-se para conseguir esse desideratum.
Brevemente daremos sobre esse mesmo assumpto uma noticia descriptiva da obra e a importancia total de seu orçamento".

O intendente termina o texto ressaltando que: “Felizmente começa a ser uma realidade o sonho dourado dos nossos antepassados!”.
 Um leitor do blog registra também que os srs. Pedro da Silva e João Ramanauskas, ambos nascidos na Ressaca do Faxinal, hoje pertencente a Entre-Ijuí, foram os responsáveis pela parte de solda da nova ponte (de concreto) que existe atualmente sobre o rio Ijuí. E, que pelo jeito trabalharam muito bem,  pois a ponte continua de pé até hoje.

AVista da atual ponte, inaugurada em 1952 com 228 metros de extensão, que liga hoje os municípios de Santo Ângelo e Entre-Ijuí. Foi construída pelo então governador do estado do RS Ernesto Dorneles. Nela há um constante trânsito de centenas de veículos leves e pesados. Serve de corredor de diversos municípios da região para outras localidades do interior e até para Capital do Estado e outros países (Argentina e Uruguai). Foto extraída da internet, e disponível em: http://picasaweb.google.com/lh/photo/gOQ3bhrGdj9fSqBm2g_Xfg
Um ângulo mais próximo da ponte sobre o rio Ijuí, na localidade de Entre-Ijuí. Imagem também retirada da internet, e foi vinculada a uma notícia (no dia 26/02/2010) sobre um grave acidente ocorrido na ponte, quando um carro caiu no rio. Usamos ela aqui apenas como ilustração para mostrar as estruturas da atual ponte de concreto que substituiu a velha ponte de madeira de 1922. Imagem disponível em: .
Para saber mais:

- Sobre a segurança e atual estado de conservação da ponte leia a entrevista publicada no jornal “A Tribuna” de Santo Ângelo, disponível em: .
- Histórico da cidade de Entre-Ijuí: .
Postar um comentário