quarta-feira, 30 de novembro de 2011

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Granjas da área rural de Ijuí no ano de 1965: Granja Rosinke, Granja Arnhold e Granja Steinke

Fonte: "Álbum Comemorativo" dos 75 anos de Colonização de Ijuí, publicado em 1965, pela Editora Revista Brasileira (que tinha por objetivo mostrar os municípios do Brasil). Infelizmente na edição publicada não consta a sede da Editora, apenas cita o nome de seu editor: H. P. Müller. (Oportunamente iremos publicar de forma integral toda publicação/Álbum dos 75 anos na seção de "Documentos e séries completas" de nosso Blog).

domingo, 27 de novembro de 2011

Encarte especial alusivo aos 120 anos de Ijuí - editado pelo jornal Zero Hora - parte III

Fonte: Informe Comercial sobre a EXPOIJUÍ/FENADI de 2010, alusivo aos 120 anos de fundação da cidade de Ijuí, publicado no dia 08 de outubro de 2010, encartado no jornal Zero Hora de Porto Alegre, RS, editado pelo escritório da RBS, em Santo Ângelo. Importante: No total são 20 páginas. Estamos publicando o caderno especial em 4 partes. A primeira parte foi publicada no dia 17/11/2011. A segunda parte dia 22/11/2011. Posteriormente a edição integral do mesmo estará postado em nosso Blog na página de "Documentos/Séries completas".

Datas das publicações do encarte:

- Parte I: Dia 17/11/2011. Disponível em:  http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/11/encarte-especial-alusivo-aos-120-anos.html
- Parte II: Dia 22/11/2011. Disponível em: http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/11/encarte-especial-alusivo-aos-120-anos_22.html
- Parte III: Dia 27/11/2011. Disponível em: http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/11/encarte-especial-alusivo-aos-120-anos_27.html
- Parte IV: Dia 05/12/2011. Disponível em: http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/12/encarte-especial-alusivo-aos-120-anos.html

sábado, 26 de novembro de 2011

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Ex-prefeito de Ijuí e Deputado Estadual Walter Müller

Fonte: "Álbum Comemorativo" dos 75 anos de Colonização de Ijuí, publicado em 1965, pela Editora Revista Brasileira (que tinha por objetivo mostrar os municípios do Brasil). Infelizmente na edição publicada não consta a sede da Editora, apenas cita o nome de seu editor: H. P. Müller. (Oportunamente iremos publicar de forma integral toda publicação/Álbum dos 75 anos na seção de "Documentos e séries completas" de nosso Blog).
Jornalista Ademar Campos Bindé, em sua coluna semanal, no dia 31/12/2009, no jornal "O Repórter" publica importante nota histórica, ilustrada com uma foto de seu arquivo pessoal, da solenidade de posse do então empressário Walter Müller a frente do Executivo Municipal, no dia 31 de dezembro de 1963.

Alguns dados biográficos do ex-Prefeito e Deputado Estadual Walter Müller

Walter Müller foi Prefeito de Ijuí no período de 01 de janeiros de 1964 à 23 de dezembro de 1966.

Deu continuidade aos serviços anteriormente executados, com ênfase na construção de redes elétricas, beneficiando especialmente o meio rural.

Um dos destaques de seu governo foi a construção de três barcas para o Rio Ijuí.

Müller deveria permanecer no cargo até 31 de janeiro de 1968, no entanto, nas eleições de 1966 foi eleito para a Câmara Estadual e passou o cargo ao vice, Solon Gonçalves da Silva.

O ex-prefeito Walter Müller era casado com a sra. Zelir Müller, falecida em 10 de fevereiro de 2011.

No dia 19 de outubro de 2010, quando a cidade comemorava os 120 anos de fundação o município de Ijui, tendo a frente o atual prefeito Fioravante batista Ballin, homenageou diversos familiares e descendentes de ex-prefeitos de Ijuí. Entre eles os familiares de Walter Müller, tendo a frente a sra. Zelir Müller. Mais detalhes da homenagem veja em: http://www.ijui.rs.gov.br/noticia/index/16141

Sra. Zelir Müller
 Administração Walter Müller
- De 1º /01/1964 a 31/01/1968 
- segundo o historiador Danilo Lazzarotto

Reprodução de três páginas do livro "História de Ijuí" do escritor, professor e historiador Danilo Lazzarotto, publicado pela Editora UNIJUÍ, dentro da Coleção do Museu Antropológico Diretor Pestana - MAPD, editado em 2002.











































Nota de falecimento:

O falecimento de Walter Müller foi assim noticiado e lembrado pelo jornal Correio do Povo de Porto Alegre:

Jornal CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, RS,  TERÇA-FEIRA, 26 DE DEZEMBRO DE 2006
Sepultado em Ijuí corpo do ex-deputado Walter Müller


Ijuí - Foi sepultado no final da tarde dessa segunda-feira, dia 25 de dezembro, no Cemitério Municipal de Ijuí, o corpo do ex-vereador, ex-prefeito e ex-deputado estadual pelo PRP Walter Müller. Ele faleceu no domingo à noite, dia 24 de dezembro de 2006 em Porto Alegre, onde estava internado. O prefeito Valdir Heck decretou luto oficial de três dias. Natural de Venâncio Aires, Müller chegou a Ijuí ainda criança. Foi empresário, exerceu atividades comunitárias e ingressou na política em 1951.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Mais um pouco sobre a história da Igreja Batista Salém de Ijuí, fundada em 1915.

Coluna do Museu Antropológico Diretor Pestana - MADP de Ijuí - publicada no Jornal da Manhã:
Reprodução de coluna do MADP publicada no Jornal da Manhã de Ijuí no dia 15/05/2010. IMPORTANTE: A pesquisa acima refere-se a Igreja Batista Salém, localizada na rua Venâncio Ayres, esquina com a rua 15 de Novembro.
Atual prédio da Igreja Batista Salém de Ijuí

Para saber mais leia também: http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com/2011/02/igreja-batista-salem-de-ijui-em-1955.html

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Encarte especial alusivo aos 120 anos de Ijuí - editado pelo jornal Zero Hora - parte II


Fonte: Informe Comercial sobre a EXPOIJUÍ/FENADI de 2010, alusivo aos 120 anos de fundação da cidade de Ijuí, publicado no dia 08 de outubro de 2010, encartado no jornal Zero Hora de Porto Alegre, RS, editado pelo escritório da RBS, em Santo Ângelo.
Importante: No total são 20 páginas. Estamos publicando o caderno especial em 4 partes, nas próximas semanas. A primeira parte foi publicada no dia 17/11/2011. Posteriormente a edição integral do mesmo estará postado em nosso Blog na página de "Documentos/Séries completas".

Datas das publicações do encarte:

- Parte I: Dia 17/11/2011. Disponível em:  http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/11/encarte-especial-alusivo-aos-120-anos.html
- Parte II: Dia 22/11/2011. Disponível em: http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/11/encarte-especial-alusivo-aos-120-anos_22.html
- Parte III: Dia 27/11/2011. Disponível em: http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/11/encarte-especial-alusivo-aos-120-anos_27.html
- Parte IV: Dia 05/12/2011. Disponível em: http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/12/encarte-especial-alusivo-aos-120-anos.html

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Antigo hospital do Dr. Kuhlmann de Ijuí - o resgate de uma paisagem!


Fonte: Recorte do Jornal Zero Hora, de Porto Alegre, RS, do dia 23/02/2001. Importante também saber que o antigo Hospital do Dr. Kuhlmann estava localizado bem na frente do portão/entrada principal do antigo Frigorífico Serrano, na rua 19 de Outubro. Ou melhor, o prédio do hospital (visto na foto) estava construído no mesmo terreno onde foi mais tarde construído o prédio/casa que serviu como escritório e administração do Frigorífico Serrano, na rua 19 de Outubro, esquina com a rua 25 de Julho.

Neste terreno onde mais tarde foi construído os escritórios/administração do antigo Frigorífico Serrano estava construído o antigo Hospital do Dr. Kuhlmann.

Granja e família Costa Beber no "Rincão Costa Beber", interior de Ijuí - em 1965

Fonte: Esta foto onde aparece o imigrante italiano Andrea Avelino Costa Beber e sua família encontramos no site da Agropecuária Brasitália (http://agropecuariabrasitalia.com.br/historico.php). O histórico da família e da empresa reproduzimos abaixo.
Fonte: "Álbum Comemorativo" dos 75 anos de Colonização de Ijuí, publicado em 1965, pela Editora Revista Brasileira (que tinha por objetivo mostrar os municípios do Brasil). Infelizmente na edição publicada não consta a sede da Editora, apenas cita o nome de seu editor: H. P. Müller. (Oportunamente iremos publicar de forma integral toda publicação/Álbum dos 75 anos na seção de "Documentos e séries completas" de nosso Blog). Interessante observar que já aqui o sr. Avelino Costa Beber não usa o primeiro nome, que aparece em outros documentos.
Fonte: Reprodução de histórico da Agropecuária Brasitália, pertencente a membros da família Costa Beber, publicado no site da empresa, e disponível em: http://agropecuariabrasitalia.com.br/historico.php

domingo, 20 de novembro de 2011

Rainha do Grêmio Esportivo e Recreativo dos Viajantes de Ijuí - GERVI - em 1965: Srta. Arlette Colling

Fonte: "Álbum Comemorativo" dos 75 anos de Colonização de Ijuí, publicado em 1965, pela Editora Revista Brasileira (que tinha por objetivo mostrar os municípios do Brasil). Infelizmente na edição publicada não consta a sede da Editora, apenas cita o nome de seu editor: H. P. Müller. (Oportunamente iremos publicar de forma integral toda publicação/Álbum dos 75 anos na seção de "Documentos e séries completas" de nosso Blog).
Destaques comerciais e industriais  de Ijuí publicados no Álbum dos 75 anos da Colonização de Ijuí, em 1965:

sábado, 19 de novembro de 2011

Historiador Danilo Lazarroto sobre a origem do nome da cidade de Ijuí: "A história que começou no rio!"

Fonte: Reprodução de artigo publicado no Jornal Zero Hora, de Porto Alegre, dia 10/10/2005.

Ijuí, o resgate de imagem e paisagem do ano de 1922 - vista da cidade a partir do antigo Frigorífico Serrano

A foto acima, provavelmente da Coleção Beck, localizada no MADP de Ijuí, é de 1922, e foi extraída do Jornal Zero Hora do dia 23/02/2001, da Coluna "Tunel do Tempo". A mesma foi batida a partir do antigo Frigorífico Serrano, na rua 19 de Outubro.  A de baixo, de nossa autoria, de 2011.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Encarte especial alusivo aos 120 anos de Ijuí - editado pelo jornal Zero Hora - parte I

 Fonte: Informe Comercial sobre a EXPOIJUÍ/FENADI de 2010, alusivo aos 120 anos de fundação da cidade de Ijuí, publicado no dia 08 de outubro de 2010, encartado no jornal Zero Hora de Porto Alegre, RS, editado pelo escritório da RBS, em Santo Ângelo.
Importante: No total são 20 páginas. Iremos publicar o caderno especial em 4 partes, nos próximos dias. Posteriormente a edição integral do mesmo estará postado em nosso Blog na página de "Documentos/Séries completas".

Datas das publicações do encarte:

- Parte I: Dia 17/11/2011. Disponível em:  http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/11/encarte-especial-alusivo-aos-120-anos.html
- Parte II: Dia 22/11/2011. Disponível em: http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/11/encarte-especial-alusivo-aos-120-anos_22.html
- Parte III: Dia 27/11/2011. Disponível em: http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/11/encarte-especial-alusivo-aos-120-anos_27.html
- Parte IV: Dia 05/12/2011. Disponível em: http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/12/encarte-especial-alusivo-aos-120-anos.html

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

No ano de 1971, a cidade de Ijuí completava 81 anos de fundação.

Fonte: Sabemos que o ano da publicação foi 1971 e provavelmente no dia 19 de outubro. Da mesma forma teria sido publicado no jornal Correio Serrano, mas não temos certeza quanto a isso. Igualmente a poesia abaixo.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Esportista e ex-jogador Luiz Garbinato coleciona vários "tesouros" do futebol de Ijuí, como a foto do Gaúcho bi-campeão em 1951, e do São Luiz como bi-vice campeão no mesmo ano.


O blog de Maurício Brum (repórter esportivo e locutor) “Futebesteirol” (http://futebesteirol.blogspot.com/2009/06/caixa-magica-do-seu-luiz.html), postagem do dia 20 de junho de 2009, traz informações e grandes revelações históricas muito importante na área esportiva de nossa cidade. O mesmo nos apresenta o esportista e ex-jogador Luiz Garbinato, que coleciona várias fotos antigas (e outros “tesouros) de jogos do Grêmio Esportivo Gaúcho e do São Luiz. Reproduzimos aqui parte da reportagem publicada no Blog, onde fala sobre sua paixão pelo futebol ijuiense. A reportagem publicada continua, ainda, porém fala do futebol de Três Passos, onde Luiz Garbinato morou também por muitos anos, e tem saudosas memórias e muito material histórico. Segue o texto referente a nossa cidade:

“IJUHY – Há um tesouro na rua Bento Gonçalves, em Ijuí. Nenhum mapa da cidade indica o local com um X e nem as preciosidades estão guardadas dentro de um baú enfurnado sob palmos e palmos de areia. É uma caixa de papelão. Umas fotos em preto e branco. Uns pedaços de algodão e de metal, que não é ouro, mas uma liga supostamente menos nobre. É uma vida. Há um tesouro na rua Bento Gonçalves, em Ijuí, e seu guardião quer exibi-lo ao mundo.
Luiz Garbinato segura na mão parte de seus "tesouros" esportivos

Luiz Garbinato, que já foi Garbinatto, mas subtraiu um tê dos papéis por conta das exigências para obter a cidadania italiana, nasceu em 1933 na Ajuricaba que o ex-gremista Carlos Eduardo devolveu ao mapa do esporte-rei. Por aquelas coisas que a razão não explica, quiçá por ter sido escolhido pelos deuses do futebol, atendeu a vocação para colecionar histórias do interior. A mais antiga foto sua nos muitos álbuns que formou mostra Garbinato com quinze anos, estudando já em Ijuí, em meio aos festejos do décimo aniversário do Esporte Clube São Luiz, em 1948. Mas há mais, há muito mais. Quadros ijuienses perfilados, listagens de partidas de cinco décadas atrás, lembranças de eventos, outras equipes da Região Noroeste do Estado em campo, flagrantes de entregas de faixas, momentos de partidas em andamento captados à perfeição por precárias câmeras interioranas da década de 1950, flâmulas, Copas e balões de couro.

Flâmula do São Luiz - 1961
O banal dos outros convertia-se, ao seu olhar, em material que não podia faltar para os seus registros. Hoje, viraram raridades. “Se soubessem que eu tenho isso aqui, iam enlouquecer”, diz. Garbinato foi zagueiro. Defendeu o São Luiz num período em que o clube vestia um fardamento listrado verticalmente em vermelho e branco, hoje completamente esquecido, mas também foi a campo com as cores do outro grande clube de Ijuí, o Grêmio Esportivo Gaúcho. Jogou em tempo pródigo para as disputas citadinas, vivendo os Campeonatos Ijuienses disputados em triangulares, na época em que o desconhecido e efêmero São José da cidade exercia o papel de lanterninha. Amador no esporte, formou-se em contabilidade, guardou a pelota da sua última partida na Colméia do Trabalho e bandeou-se para trabalhar no Frigorífico de Três Passos em 1954...”.