segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Um pouco mais do jornal Correio Serrano - que registrou a história de Ijuí e da região por 71 anos


Uma imagem rara da primeira página do jornal Correio Serrano que circulou em Ijuí pela primeira vez em 1917.

O jornalista e historiador Ademar Campos Bindé - que por muitos anos foi redator chefe do Correio Serrano -  em sua coluna no jornal "O Repórter" (dia 19/10/2011) escreveu um completo histórico sobre a importância e o serviço prestado à história de Ijuí e região pelo Correio Serrano.
Outra imagem da capa do jornal, do dia 06 de maio de 1931. Por ser uma imagem de baixa resolução não se pode entender ou ler as letras pequenas. O arquivo completo de quase todas as edições do jornal está guardado no Museu Antropológico Diretor Pestana - MADP de Ijuí. Todas as páginas do jornal foram digitadas e assim podem ser consultadas pela comunidade em geral.
Capa da edição do dia 29/08/1962. Naquela época o jornal era editado em tamanho standard (75cm x60) (a exemplo do jornal Folha de S. Paulo). Inicialmente, em 1911, os primeiros exemplares  tinham alguns centímetros a menos do que um tablóide (30cm x 40cm). Mais tarde (entre os anos 50-60) passou a ser impresso em tamanho standard, e na década de 70 (do século passado) voltou a ser publicado em tamanho tablóide.
Com o crescimento do jornal e sua ampla circulação regional/estadual (mais de 10 mil exemplares por edição) nos anos 60 e 70 o jornal passou por um grande período de modernização e expansão. A sede na esquina da Praça da República, com 15 de Novembro já não atendia mais as necessidades da empresa. Uma nova sede própria começou a ser construída na rua 15 de Novembro, esquina com a rua 14 de Julho.
Neste prédio, ao lado do Hotel Vera Cruz, funcionou por muitos anos o jornal Correio Serrano, enquanto o sr. Ulrich Löw era proprietário e diretor do mesmo. Após ser vendido - já em decadência - o jornal passou por  cerca de cinco ou seis novos proprietários, até deixar de circular completamente em 1988.

 Na edição do 05/11/1985 o jornal completava 68 anos de história.
Postar um comentário