quarta-feira, 20 de abril de 2011

Estrada de ferro Cruz Alta/Ijuí - Inauguração da Estação Fachinal (próxima do Distrito de Alto da União) em 1910

Inauguração do trecho da estrada de ferro - Estação Fachinal - entre Cruz Alta/Ijuí, no dia 29 de maio de 1910. Foto do banco de memórias do jornal Correio do Povo de Porto Alegre.
O ramal ferroviário que saí da cidade de Cruz Alta e que hoje chega até a cidade de Santa Rosa foi construído em diversas etapas, e levou muitos anos para a sua conclusão final. Embora a aprovação do projeto de construção da mesma tenha sido aprovado em 1895, somente em 1906, graças à iniciativa de alguns colonizadores, que preocupados com a falta de transportes, resolveram reivindicar a costrução efetiva do ramal, que seria mais tarde o “elo” de ligação entre os municípios de Cruz Alta e Santa Rosa, além de beneficiar as cidades de Ijuí e Santo Ângelo. A obra esteve a cargo do 3º Batalhão Ferroviário do Exército Brasileiro.
          Somente a partir do ano de 1910 é que partes do trecho começaram a ser inauguradas. Primeiramente  foi até a localidade de Fachinal (cerca de 29,790 km de Cruz Alta, antes da localidade Alto da União, próximo ao município de Dr. Bozano), no dia 29 de maio de 1910. No ano seguinte, no dia 11 de outubro de 1911, após 53,069 km os trilhos chegaram festivamente na Vila de Ijuhy. Em 1915 chegou a cidade de Catuípe (conhecida também como “Rio Branco”), depois a Santo Ângelo (1921), a Giruá (1928) e somente em 1940 atingiu sua extensão máxima, em Santa Rosa.
Era chamado de "Ramal de Ouro" por causa da grande quantidade de mercadorias que transportava. Trens de passageiros trafegaram pelo ramal certamente até os anos 1980, e o ramal hoje (2004) está concessionado à América Latina Logística - ALL.  
        
ARQUIVOS DE MEMÓRIA DO JORNAL CORREIO DO POVO
        No dia 31 de maio de 2010, a coluna publicada no jornal Correio do Povo de Porto Alegre, “Há um século no Correio do Povo”, relembrou o acontecimento festivo da chegada da linha férrea até a localidade de Fachinal:
Postar um comentário