domingo, 3 de abril de 2011

"A Colonização de Ijuí" - Reprodução de artigo histórico e inédito (na internet) do Dr. Martin Fischer, publicado no jornal Correio Serrano, no ano de 1967.

 No ano de 1967, quando da edição comemorativa do cinqüentenário de fundação do jornal Correio Serrano, de Ijuí, o historiador e Dr. Martin Fischer, então redator do jornal, publicava um extenso artigo entitulado “A Colonização de Ijuí – Um Retrospecto Histórico, Sociológico e Étnico”, frutos de suas pesquisas, leituras e anotações particulades.
No dia 10 de outubro de 1987, quando o Correio Serrano, em nova fase, assinalava a data de seus 70 anos de existência, o texto do Dr. Martin Fischer – e sua humilde, mas significativa colaboração para o registro histórico de Ijuí – por sua importância histórica era novamente republicado.
De forma humilde gostaríamos apenas de registrar nossa contribuição para com nossa cidade pelo fato que fomos nós que tiramos do esquecimento este importantíssimo artigo do Dr. Martin Fischer, quando reproduzido pela primeira vez o texto, (e com autorização do jornalista Ulrich Löw, proprietário do Correio Serrano), fora das páginas originais e impressas do jornal,  em nosso livro “História de Ijuí – Através da Imprensa”, volume 1, Luis Carlos Ávila, publicado em dezembro de 1983.
O objetivo na época foi o mesmo, ou seja, de socializar importante trabalho de pesquisa e preservar esse registro histórico, uma vez que na época e hoje muito mais, existirem muito poucos jornais originais no qual foi impresso o mesmo, e seu acesso até então era limitado a poucas, muito poucas pessoas.
Posteriormente, o mesmo artigo também foi publicado pelo Museu Antropológico Diretor Pestana em forma de livro, dentro da Coleção Centenário de Ijuí, em 1987, juntamente com outros artigos, e sob o título “Etnias diferençadas na formação de Ijuí”, através da Editora Unijuí.
E é com espírito nostálgico, mas reconhecendo a necessidade de revelar às novas gerações o trabalho e esforço de seus antepassados – que publicamos novamente a seguir, o fac-símile das cinco páginas originais estampadas naquele domingo, 5 de novembro de 1967. Um documento para ser lido e guardado com muito carinho, por muitas gerações e séculos futuro, por todos ijuienses que valorizam e preservam a linda e maravilhosa história de nossa cidade.

Postar um comentário