sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

III Expo-Ijuí no ano de 1987 - Uma semana de festa e cultura - Encontrando caminhos!

Prefeito Wanderley Burmann, ao se manifestar na solenidade de abertura, disse que a Expo-Ijuí é fruto da união e operosidade do povo ijuiense. Enfatizou ainda que após os dois eventos, prossigam o diálogo e a união de todos os setores, colocando-se acima dos interesses políticos e particulares.
A preparação da polenta de 1.200 quilos foi um dos atrativos do sábado, dia 12, dia da etnia italiana. A polenta foi preparada pela equipe de Valdir Anzolin, o cancioneiro da etnia italiana, que também se apresentou no anfiteatro do Parque Assis Brasil.
Décio Barriquello e Adelar Baggio, presidentes do Centro Regional Italiano e da III Expo-Ijuí, confraternizaram no momento da inauguração da Casa “Dei Taliani”, que ocorreu sábado à noite (17/10/1987).
Banda Infantil de Pejuçara, participação no dia da criança na III Expo-Ijuí, e execução de números conhecidos do público infantil.
 O coral “Cantare”- da etnia italiana – trouxe para o desfile um dos mais belos carros alegóricos. Trata-se da nave “Columbus”, que posteriormente ficou localizada no Parque Assis Brasil, defronte a casa típica “Dei Taliani”.
 Fontes: Reprodução de matérias e fotos publicadas no Jornal Correio Serrano, edição do dia 17 a 23 de outubro de 1987 e 24 a 30 de outubro de 1987.
Postar um comentário