quarta-feira, 15 de abril de 2015

Sheila Gonçalves da Silva (hoje Thomson) então estudante do CEAP ganhou em 1959 um concurso nacional da General Eletric S.A. Sua vida começou a mudar... Viajou, estudou, trabalhou na Europa e EUA, onde casou, reside e trabalha... Em 2008, voltou a Ijuí para visitar/rever amigos/familiares... e também o CEAP...

Sheila visitando o CEAP e relembrando seu tempo de estudante na Escola...
Artigo do jornalista e historiador Ademar C. Binde, publicado no Portal Ijuí.Com, no dia 02/04/2012, e disponível em: http://www.ijui.com/blog-do-ademar-binde/32809-uma-ijuiense-que-venceu-concurso-nacional.html
Página da Revista Comemorativa do Cinquentenário da Emancipação de Ijuí, publicada em 1962, Editada pelo ex-prefeito e radialista Wilson Mânica.
Outro artigo do jornalista Ademar C. Bindé, publicado no dia 18/10/2011, no Portal Ijuí.Com que também fala sobre a conquista e vida de Sheila Gonçalves da Silva... Disponível em: http://www.ijui.com/blog-do-ademar-binde/26991-dois-ijuienses-que-ganharam-o-mundo.html
Sheila em visita ao CEAP em 2008, quase 50 anos depois de ali estudar o ginásio até 1959...
Registro da visita de Sheila no CEAP em 2008, publicado no site da Escola, e disponível em: http://router.ceap.g12.br/site/noticia.php?cod=662
Sheila também gostava/gosta de ler e escrever poesias... Essa ela escreveu e publicou na revista do Cinquentenário de Ijuí, em 1962, e retrata uma linda realidade e vista do por do sol no horizonte; da fileira de palmeiras (coqueiros) que existia junto ao antigo Seminário dos Capuchinhos, 
nos altos do bairro São Geraldo...

Aqui o que sobrou das antigas palmeiras que formavam uma grande fileira saindo do antigo Seminário dos Capuchinho em direção norte, mais ou menos até o final do atual residencial Bela Vista... Acima vista parcial do antigo Seminário desativado e onde funciona algumas salas da Escola de Educação Básica Francisco de Assis - EFA/FIDENE. Na imagem podemos observar ainda alguns exemplares das lindas palmeiras que sempre embelezaram o local e podiam serem vistas de longe. Nas últimas décadas as mesmas foram derrubadas, e poucas sobraram para contar muitas histórias....

Página da Revista Comemorativa do Cinquentenário da Emancipação de Ijuí, publicada em 1962, Editada pelo ex-prefeito e radialista Wilson Mânica.





Postar um comentário