segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Resultados das eleições presidenciais no Brasil - em Ijuí, e históricas nos anos de 1918, 1919, 1922, 2002, 2006, 2010 e 2014...






















RESULTADO DAS ELEIÇÕES EM IJUÍ - 2014
Para Presidente e Governador - Segundo Turno:
















Em Ijuí, a exemplo do Brasil, a presidente Dilma Roussef também venceu. Ela teve 25 mil 339 votos, 51,06% dos votos válidos. Aécio Neves obteve 24 mil 286, 48,94%. Na Colméia do Trabalho houve 673 votos em branco mil 360 nulos. Nos demais municípios da região houve alternância, ou seja, Aécio Neves ganhou em uns e Dilma Roussef em outros.


































Alguns resultados de eleições presidenciais na história de Ijuí:



Em 1918 - Eleito presidente do Brasil: Rodrigues Alves - (PRP) 386.467 votos (99%).


Jornal Correio Serrano publicado no dia 04 de março de 1918 trazia o seguinte relato:
"Se desenvolveu com êxito, em nosso Município, as eleições Federais, realizadas no dia 1o deste mês. A distribuição de votos foi a seguinte: para presidente da República, dr. Francisco de Paula Rodrigues Alves, recebeu 1.047 votos. Para vice-presidente do Brasil, dr. Delpfum Moreira da Costa Ribeiro, conseguiu também 1.047 votos. Para o Senado Federal, o dr. Victorino Ribeiro Carneiro Monteiro somou igualmente 1.047 votos. Já para deputados federais: dr. Augusto Pestana conseguiu 1.072 votos; dr. Nabuco de Gouvêa, também 1.072; dr. Marcal Pereira de Escobar 1.022 votos; sr. Alcides Maya 997 votos; e o candidato avulso, dr. Flores da Cunha 25 votos. Já o candidato Federalista, dr. Maciel recebeu dos ijuienses 24 votos. De outra parte, salientamos que foram poucos os eleitores que deixaram de votar e, que obedecendo a orientação política do chefe político, Coronel Soares de Barros, votaram quase que unicamente para os candidatos do Partido Republicano. (O negrito é nosso).
Fonte: ÁVILA, Luis Carlos Ávila. História de Ijuí através da Imprensa, p. 30. Ijuiense Editora.


Em 1919 - Eleito presidente: Epitácio Lindolfo da Silva Pessoa: 286.373 votos(71,10%).

Correio Serrano publicado no dia 14 de abril de 1919 trazia o seguinte artigo:
"Realizou-se ontem a eleição para presidente da República. Apareceu grande número de eleitores nas duas urnas instaladas nesta Vila, dando quase, exclusivamente, seus votos ao dr. Epitácio Pessoa, o qual obteve 940 votos, enquanto que o Senador Ruy Barbosa recebeu apenas 9 votos".

O jornal publicado no dia 23 de abril de 1919, trazia a seguinte notícia:
"O resultado total da eleição presidencial neste Município é o seguinte:  na 1a secção, 264 votos para Epitácio de Pessoa e 1 para Ruy Barbosa; na 2a secção, 310 votos para Epitácio Pessoa e um para Ruy Barbosa; 3a secção, localizada no Cadeado (hoje Augusto Pestana), 190 para Epitácio e 1 para Ruy Barbosa; e na 4a secção, localizada no 3o Distrito (hoje cidade de Cel. Barros), 176 votos para Epitácio e 6 para Ruy Barbosa. O total deu 940 votos para Epitácio e  9 para Ruy Barbosa. Dos votos dados ao senador Ruy Barbosa, três ele obteve dos fiscais que o partido federalista mandou assistir a eleição". (O negrito é meu).

Correio Serrano do dia 28 de abril de 1919:
"Do presidente do Estado, Borges de Medeiros o Intendente de Ijuí e chefe local do partido republicado, Antonio Soares de Barros um telegrama, onde dá os parabéns ao nosso ilustre político pelo apoio e força para o êxito do Partido Republicano nas eleições federais...".
Fonte: ÁVILA, Luis Carlos Ávila. História de Ijuí através da Imprensa, p. 30. Ijuiense Editora.


Em 1922 - Artur da Silva Bernardes (PRM): 466.972 votos(59,46%).

Jornal Correio Serrano publicado no dia 08 de março de 1922 trazia o seguinte relato:

"A eleição realizada no último dia primeiro, para presidente e vice-presidente da República, neste município, apontou 2.031 votos à chapa de Nilo Peçanha e J. J. Seabra, e 6 votos para a chapa de Artur da Silva Bernardes e Urbano Santos da Costa Araújo".

Correio Serrano do dia 15 de março de 1922:
"O Dr. Borges de Medeiros, presidente do Estado (Governador do Rio Grande do Sul), enviou ao Coronel Antonio Soares de Barros, Intendente Municipal, o seguinte telegrama: ´Congratulo-me convosco pela notável votação que ai obtiveram os candidatos pela Reação Republicana. Isto vem atestar a eloqüente demonstração de vosso crescente prestígio e nunca desmintido civismo ao Partido Republicano...".
Fonte: ÁVILA, Luis Carlos Ávila. História de Ijuí através da Imprensa, p. 30. Ijuiense Editora.



Em 2002:


Em 2006:

 Em 2010:
















Postar um comentário