quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Nos primeiros tempos da colonização de Ijuí um dos grandes obstáculos e desafios era cruzar os diversos rios que correm no município. Barcas e pontes foram usadas e construídas!

Fotos publicados junto ao artigo da Revista "Stampa", do Grupo Jornal da Manhã de Ijuí, número 12, ano 6, maio de 2009.

CIDADE DE IJUÍ ERA PARA ESTAR LOCALIZADA NAS MARGENS DO RIO IJUÍ: Nos primeiros tempos da Colonização de Ijuí (em 1898) surgiu um pensamento (liderado pelo engenheiro e Intendente/administrador da Colônia Ijuhy, Augusto Pestana), e até mesmo ação,  para que a localização da cidade que estava surgido fosse transferida e instalada nas margens do rio Ijuí, proximidades da atual ponte sobre a RS-155. A disposição e "pressão" de transferência da Colônia - e seus moradores - da atual área central para as margens do rio foi grande, a tal ponto que um dos incipientes empresários de Ijuí, Emil Glitz, se mudou para lá (com sua família), instalando seu comércio aos viajantes que passavam pelo local. Mais tarde como a proposta não "pegou", ele acabou voltando a morar na cidade atual, isto é, instalando seu hotel e comércio acima da rua do Comércio, próximo aos trilhos.



 O jornalista e historiador Ademar Campos Bindé abordou o assunto em uma de suas colunas publicadas no jornal "O Repórter", no dia 21/06/2008.


 Os fundamentos da antiga ponte de ferro sobre o rio Ijuí na RS 155

Antiga ponte de ferro sobre o rio Ijuí na RS 155.  Piso de madeira. Jornal Correio Serrano do dia 15-02-1973.
 Ao fundo de uma foto familiar do servidor público Edison de Andrade podemos ver a ponte de ferro em atividade.


 Jornalista e historiador Ademar Campos Bindé em sua coluna no jornal "O repórter" abordou o histórico da ponte de ferro sobre o rio Ijuí na RS 155, em especial para onde foram parar a sua sucata.






Nesta foto de 1970 podemos ver a RS 155 ainda não asfaltada. Carinhosamente era chamada de "Estrada do Inferno" devido a dificuldade de trafegar principalmente nos dias de chuva. Muita lama e buracos... foram anos de luta para asfaltar a rodovia.






Barca no rio Ijuí nos primeiros tempos de colonização do município.

Postar um comentário