sábado, 16 de agosto de 2014

A presença da Etnia Judaica em Ijuí - Esquecida na história, na pesquisa e no movimento étnico de Ijuí - Os judeus na colonização do Brasil e do Rio Grande do Sul


A  presença Judaica no interior do estado do Rio Grande do Sul sempre foi marcante, desde a chegada de seus primeiros imigrantes para a região de Santa Maria, Passo Fundo.
    Nesse contexto encontramos junto ao site da Federação Israelita do Rio Grande do Sul ( http://firs.org.br/a-federacao/sobre-a-firs)  – por acaso – um registro histórico muito importante para a história de Ijuí (e que ao nosso ver e dentro de nosso conhecimento histórico) não há nenhum outro registro semelhante. Ou seja, temos ali uma foto histórica de 1915 onde aparecem os fundadores da Sociedade União Israelita de Ijuí.
     No momento, ainda não temos mais informações sobre esse grupo de moradores/colonizadores de Ijuí. Nem o jornalista e principal historiador de Ijuí Martin Fischer faz algum pequeno registro sobre a existência de uma colônia de judeus nos primeiros tempos da Colônia de Ijuí.
    No principal artigo escrito por ele e publicado no jornal Correio Serrano, no dia 05 de novembro de 1967, (publicado no Blog em: http://ijuisuahistoriaesuagente.blogspot.com.br/2011/04/colonizacao-de-ijui-reproducao-de.html) não há nenhum registro deste grupo de imigrante. Não obstante ele registrar amplamente a chegada e presença dos alemães, italianos, árabes, russos, poloneses, letos, austríacos, japoneses, africanos, ameríndios, na colonização e desenvolvimento do município de Ijuí.

UMA TESE: O porquê do esquecimento e registro histórico da etnia judaica na história de Ijuí....

Ao nosso ver as questões de perseguições, antissemitismo, as duas grandes Guerras Mundiais  fez com que muitos judeus naturais e seus descendentes moradores não só em Ijuí como na região, desde o início da colonização no século XX, procurasse ficar no anonimato, esconder sua verdadeira identidade, trocar de nome, etc...
      Também a questão do estudo e levantamento histórico dessa etnia - no decorrer das décadas - foi esquecido, deixado de lado ou ignorado de propósito. Até nos dias de hoje quando se fala que a cidade de Ijuí foi colonizada por dezenas de etnias nem se menciona a etnia judaica. Enquanto que sabemos claramente que dezenas de judeus habitaram e talvez ainda seus descendentes habitam nossas terras. 
      No próprio Cemitério "velho" vamos encontrar vários sobrenomes de pessoas de origem judaica enterradas. E talvez ainda no antigo e primeiro Cemitério de Ijuí (já destruído) teríamos certamente inúmeras lápides com nomes judaicos.
    
    Portanto, porque será que essa etnia está esquecida na história de Ijuí? 

      Por falta de dados, pesquisa, desconhecimento, ou outras causas que ainda os historiadores e pesquisadores precisam analisar, estudar. Base histórica tem: a foto que publicamos hoje é prova disso!
     O movimento das Etnias de Ijuí poderia fazer um grande movimento de pesquisa e resgate histórico também desta etnia que muito contribuiu para a formação e crescimento do município de Ijuí.

Luis Carlos Ávila

A PRESENÇA JUDAICA NO RIO GRANDE DO SUL


Acesse aqui: http://firs.org.br/a-federacao/sobre-a-firs

 em BUSCA DA TERRA PROMETIDA!
 








Jornal Zero Hora de Porto Alegre do dia 12/10/1994.
Postar um comentário