segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Almanaque anual "Die Serra Post Kalender" publicado em Ijuí pela família Löw & Becker, editoras dos jornais "Die Serra-Post" e "Correio Serrano".

"Die Serra Post Kalender" - Um almanaque para ficar na história. Desde 1922 até 1978, o calendário trazia dicas de agricultura, saúde e economia em suas edições anuais.

Texto originalmente  publicado no dia 19/07/2012, no Blog "Jornalismo Digital Unijuí". Escrito e postado por Bruna Mireski (e-mail: bruninha__tm@hotmail.com) e disponível em: http://jdunijui.blogspot.com.br/2012/07/die-serra-post-kalender.html

 Um calendário determina as unidades de tempo como o dia, mês e ano. Todos, desde a antiguidade se baseiam em movimentos aparentes de dois astros, o Sol e a Lua, na perspectiva de quem se encontra na Terra. O dia nasceu conforme a escuridão também existia. Os meses, devido à periodicidade das fases lunares. O ano foi estabelecido pelas estações, por causa da necessidade na agricultura.
Die-Serra-Post jornal editado em Ijuí em língua alemã, foi fundado em 12 de maio de 1911 por Roberto Löw – Fundador do primeiro jornal Ijuiense, criador da imprensa e indústria gráfica em Ijuí. Tinha circulação local, regional, nacional e até mundial.
 Devido a um período conturbado em 1917, quando o Brasil entrou na Guerra, foi proibido à circulação de jornais em alemão, sendo assim, Richard Becker optou por traduzir o jornal para português para não parar a produção, criando o Correio Serrano. Após isso, em 1924, o jornal voltou a ser editado na língua alemã instavelmente. Em 1922 é lançado um anuário em língua alemã, Kalender Der Serra Post ou Calendário do Correio Serrano em português.
 Ele era composto por artigos e comentários sobre a imigração alemã, continha dicas de agricultura, saúde e economia. Circulava no Sul do Brasil e no exterior. Era gratuito para quem era assinante do Correio Serrano. O almanaque foi extinto em 1978 porque as novas gerações não entendiam mais o que estava escrito por ser outro idioma, devido à falta de interesse por conhecê-lo e deixar de aprendê-lo. 
Aqui uma página de um anúncio em língua alemã. No caso o anúncio é dos Viveiros  de Luiz Hoffmann, localizado nos altos da rua José Gabriel, após os trilhos.
 Os calendários de hoje em dia refletem bem a diferença entre os de antigamente, que era um almanaque, tinha muita informação e publicidade. Hoje, estamos acostumados com uma só folha definindo todo o calendário ou até mesmo uma folha definindo cada mês, com as fases da lua e os feriados mais importantes, deixando assim de lado, as informações que muitas vezes eram úteis.
Postar um comentário