domingo, 11 de dezembro de 2011

O reencontro dos ex-formandos de 1961 do CEAP foi de muita festa, alegria e muitas, muitas emoções!

Ex-formandos de 1961 presentes no reencontro de 2011



Turma de ex-formandos no dia 14 de dezembro de 1961
         Encontrar-se 50 anos depois é um momento todo especial, e isso não acontece todo dia. É um presente e um privilégio somente de algumas pessoas. A turma formanda em 14 de dezembro de 1961 do Colégio Evangélico Augusto Pestana - CEAP teve essa oportunidade de reencontrar-se 50 anos depois, com muita festa, alegria e muitas, muitas emoções.

     O encontro aconteceu no sábado, dia 10 de dezembro de 2011, no próprio CEAP, e também na Casa Aelmã, situada no Parque de Exposições Wanderley Burmann. Os organizadores do Encontro conseguiram reunir 25 ex-alunos dos 48 formandos, além de antigos professores e familiares. Sete formandos estão falecidos.

    O "Portal Ijuí.Com" fez uma cobertura toda especial do encontro, com muitas fotos dos participantes, e também coletou alguns depoimentos (em aúdio). O jornalista escreveu um artigo especial sobre a Turma e o encontro de formandos de 1961. Reproduzimo aqui os mesmos por sua importância histórica para nossa cidade:


Texto publicado no Portal Ijuí.Com
dia 11/12/2012

Encontro aconteceu neste sábado, 10, com fortes emoções de todos os participantes que na maioria dos casos reencontraram seus colegas após 50 anos. O Encontro aconteceu em dependências do CEAP e na Casa Alemã situada no Parque de Exposições Wanderley Burmann, em Ijuí.
Os 23 dos 48 formandos da 11ª turma de ginasianos do CEAP que se reencontraram neste sábado, 10, para comemorar os 50 anos da Formatura.
Este sábado, 10, foi dedicado a resgatar lembranças do tempo de escola. Foi isso que fez a turma do Colégio Evangélico Augusto Pestana (CEAP) que se formou em 14 de dezembro de 1961.
O encontro, realizado para marcar os 50 anos de formatura, reuniu 25 ex-alunos, além de antigos professores e familiares. Sete formandos estão falecidos.
Os abraços e as surpresas por ver os antigos colegas começaram logo pela manhã, ainda no saguão do CEAP, onde todos puderam se reencontrar com as pessoas que conviveram por alguns anos durante o colegial. Lágrimas, fortes apertos de mão, abraços saudosos e sobretudo fortes emoções, foram a tônica dos reencontros.
Após o momento de reencontro, todos se reuniram no auditório do colégio, onde puderam compartilhar suas histórias. Conduzido pelo ex-prefeito de Ijuí, Valdir Heck, também ex-aluno da Turma de 1961, o encontro foi permeado por cânticos de louvor.
Entre os cânticos, os ex-alunos se apresentavam numa espécie de chamada. Engenheiro, médicos, empresários, comerciantes, contabilistas, professores, políticos, enfermeira e pastores, entre outras profissões, relembraram histórias de quando eram apenas alunos. Histórias de coleguismo, de amizade, de partidas de futebol, de brincadeiras e até de suspensão emocionaram vários dos ex-alunos que faziam seus depoimentos tomados por visíveis emoções que afloravam com lágrimas e necessárias paradas na fala.
Entre os depoimentos, o atual diretor do CEAP, Gustavo Maschitzy, disse que a escola está muito agradecida por essa iniciativa e lembrou que o CEAP sempre está inovando para se permanecer jovem.
Na ocasião, o diretor ainda mostrou como o CEAP está atualmente. Com três prédios – na época dos formandos existia apenas um -, o CEAP oferece ensino da educação básica até o ensino médio. O diretor ainda informou que o antigo internato, onde muitos dos que ali estavam moraram por algum tempo, foi desativado a pedido do Corpo de Bombeiros.
O diretor ainda lembrou que a escola continua a procurar fazer com que os alunos gostem do ambiente educacional da mesma forma que os ex-alunos gostam. Ele ainda apresentou o livro “Trajetória e lições de superação de uma escola: CEAP”, de autoria de Mônica Brandt, que conta toda a história do CEAP.
A ex-aluna, agora missionária, Dora Goelzer, trouxe uma mensagem religiosa ao encontro. Ela falou, principalmente, sobre agradecer a Deus por permitir que os ex-alunos conseguissem se reunir após 50 anos no mesmo colégio.
Já o agora pastor e ex-aluno Osmar Prochnow, também destacou a importância desse agradecimento, e lembrou que muitos na sociedade atual se esquecem de agradecer, e que eles, ex-alunos, querem fazer parte da minoria que agradece.
O paraninfo da turma, Alberto Hoffmann, deputado federal na época da formatura, não pode comparecer ao encontro devido a problemas de saúde. Quem o representou foi o prefeito de Coronel Barros, Olivar Scherer, que relembrou a trajetória política do paraninfo. O prefeito também trouxe aos ex-alunos uma mensagem de Hoffmann enderaçada a cada um deles.
A cerimônia continuou com vários depoimentos dos ex-alunos que contaram o que fizeram, o que são e onde moram atualmente. Como muitos saíram cedo de Ijuí, os ex-alunos também puderam conhecer durante o encontro um pouco de como a cidade está constituída.
A seguir, os ex-alunos se deslocaram com seus familiares para o Parque de Exposições Wanderley Burmann, onde realizaram um almoço de confraternização na Casa Alemã em meio a saudosas conversas onde foram reatadas amizades de 50 anos atrás.
À noite, a Casa Alemã também foi palco de um jantar comemorativo, com animação do músico  Nelson Roos, irmão da formanda Marise Bücker Roos, que tocou música da época e os presentes puderam dançar.


                 
No sábado, 10 de dezembro, os ginasianos da turma de 1961 do Colégio Evangélico Augusto Pestana – Ceap - estarão em Ijuí, participando das comemorações do seu cinquentenário de formatura.

Por Ademar Campos Bindé
Publicado em 09/12/2012

A programação inicia pela manhã (dia 10/12/2012) com uma cerimônia em dependências do colégio, no mesmo salão da formatura, que deverá marcar o reencontro dos formandos com a atual direção e corpo docente e antigos professores da turma. Ao meio-dia haverá almoço de confraternização na Casa Germânica do Parque Wanderley Agostinho Burmann.
O paraninfo da turma, o então deputado federal Alberto Hoffmann e atual ministro aposentado do Tribunal de Contas da União, por motivo de saúde, não poderá se deslocar de Porto Alegre, onde reside, para participar das comemorações.
Às 20h30min, também na Casa Germânica, acontece o jantar festivo, com a participação dos formandos da turma de 1961, direção e professores do Ceap, familiares e convidados. A animação estará a cargo do músico Nelson Roos, que apresentará um repertório com músicas daquela época.
Nesta oportunidade vale rememorar aquele significativo acontecimento na vida do Colégio Evangélico Augusto Pestana, da turma de ginasianos de 1961, de seus familiares e da comunidade ijuiense.
A solenidade de formatura aconteceu no dia 14 de dezembro de 1961, no salão de atos do Ceap, prestigiada pela presença de autoridades municipais, diretor do Ceap, professor Arno Sommer e familiares dos formandos, bem como dos professores homenageados Haydée F. Neves e Richard Steinke.
Após a introdução dos formandos pelo paraninfo, deputado federal Alberto Hoffmann, os trabalhos foram presididos pelo inspetor federal de Ensino, Walter Guido Greven.
Alberto Hoffmann, paraninfo da turma, quando entregava (em 1961) o diploma ao formando Klaus Tiede, hoje arquiteto em Porto Alegre. Infelizmente, por motivos de saúde, Alberto Hoffmann não pode se fazer presente ao encontro.
 A seguir, aconteceu a entrega dos diplomas aos finalistas do Curso Ginasial do Ceap, que são os seguintes:

- Alberto Germano Mate
- Alberto Penno Júnior
- Ana Maria Pereira Panichi
- Atalício João Curle
- Carlos Alberto Heineck
- Carlos Alberto Schuler
- Cenadir Felzke
- Cláudio Roberto Coracini
- Cláudio Silva Rufino
- Curt Henrique Sommer,
- Cylon Eudóxio Tricot Gonçalves da Silva
- Dora Goelzer
- Doris Glufke
-  Edgardo Manfredo Axt
- Edio Michael
- Egon Grimm Berg
- Elemar Arno Lidner
- Élio Schuh
- Gilberto Lutzky
- Gilson da Silva Kern
- Heinz Heinen
- Helvio Frederico Hess
- Horst Drews
- Horst Walter Boger
- Icléia Suzana Corrêa Lorenzoni
- Ilca Nordin Eras
- Iris Degelmann
- João Alberto Sommer,
- João Fernando Bos
- Jorge Alberto Ferreira Zago
- Klaus Karl-Heinz Adolf Tiede
- Kurt Itamar Kettenhuber
- Lorena Lasch
- Lori Lubschinski
- Margit Yolanda Siedenberg,
- Mário Orlando Bauer
- Marise Bücker Roos
- Marlene Lopes Soares
- Marle Roever,
- Martin Berto Fuchs
- Nelsi Loni Kessel
- Osmar Prochnow
- Paulo Roberto Frenzel Mühlbach
- Priscila Petry Fanfa Ribas
- Renato Grumann
- Rolando Axt
- Shirley Mirna Wayhs
- Valdir Heck
Ato contínuo, fez uso da palavra Cláudio Silva Rufino, orador da turma, cujas palavras mereceram calorosos aplausos.
O paraninfo da turma, deputado Alberto Hoffmann, falando de improviso e dirigindo-se aos seus afilhados sublinhou que sempre deveriam ter em mente que junto com cada vitória vinham novas responsabilidades e, a medida que as pessoas galgam os degraus da escada da vida, na mesma proporção crescem suas responsabilidades.

Mais informações e fotos do reencontro feitas pela fotográfa Karin Franco estão disponíveis no Portal "Ijuí.Com": http://www.ijui.com/noticias/ijui/29187-turma-de-1961-do-ceap-comemora-os-50-anos-de-formatura
Postar um comentário