quinta-feira, 13 de outubro de 2011

O Centenário da construção da Viação Férrea em Ijuí é lembrado em "Memória Ferroviária de Ijuí - 1911-2011", no Museu Antropológico Diretor Pestana - MADP

Um visual de uma antiga Maria Fumaça passando sobre os trilhos na rua do Comércio. Foto em exposição no MADP.
Para comemorar o centenário de funcionamento da Viação Férrea em Ijuí foi aberta na segunda-feira, dia 10 de outubro de 2011, a exposição “Memória Ferroviária de Ijuí – 1911-2011”, na sala de exposições temporárias do Museu Antropológico Diretor Pestana. A mostra prossegue até o dia 16 de dezembro.
A exposição conta com materiais próprios e cedidos por museus, arquivos, trabalhadores ferroviários e comunidade local. Duas locomotivas em pistas distintas chamam a atenção principalmente das crianças que visitam o Museu.
A diretora do MADP, Stela Zambiasi de Olivera, destacou a importância da viação férrea para o desenvolvimento do município. “O objetivo principal do museu é resgatar e preservar a história seja ela de uma pessoa, de uma comunidade, de uma cidade, de toda a humanidade. E o privilegio de estar em ijuí, nos coloca de maneira diferente no cenário museológico, porque o nosso povo, a formação de nossa comunidade é um conglomerado de história de muitos povos. Dentro deste mosaico cultural, destacamos hoje, o que ontem foi o grande responsável pelo progresso de Ijuí e o desenvolvimento cultural de seu povo, que foi a viação Férrea.Preservar seus feitos e seus valores é de suma importância para a memória cultural de nosso povo, pois a rede ferroviária proporcionou o reencontro de muitas famílias, conduziu tropas para a defesa de nossa pátria, expandiu divisas com a distribuição da matéria prima produzida por nossos cidadãos”.
O professor Martinho Kelm, reitor da UNIJUÍ lembrou o comprometimento da instituição com o desenvolvimento regional, destacando a importância e colocando a Universidade à disposição para iniciar o processo de transformação de um dos armazéns da antiga viação férrea em um local destinado à cultura no municpio. Já que nesta semana houve a confirmação da cedência do prédio da América Latina Logística ao município de Ijuí.
Pedro Darci de Oliveira fechou o evento com uma música de sua autoria falando da emoção do apito do trem. Com seus versos todos ficaram emocionados, principalmente os ex-ferroviários que estavam na abertura da exposição.
No decorrer da Exposição serão realizadas diversas atividades educativo-culturais, encontros e debates, a fim de aprofundar a temática. O Projeto visa ainda promover junto à comunidade local reflexões sobre patrimônio, memória e identidade, tendo como referencial a história da Viação Férrea em Ijuí.
As exposições realizadas no MADP são planejadas e organizadas pensando em adultos e crianças, criando alternativas com intuito de ensinar, educar e mostrar a importância da cultura local e regional.
Fonte do texto e imagem do Portal de Notícias “Ijuí.com”. Mais fotos estão disponíveis em:http://www.ijui.com/entretenimento/cultura/26731-memoria-ferroviaria-e-tema-de-exposicao-no-madp

Postar um comentário