sexta-feira, 8 de julho de 2011

Rua 19 de outubro, em Ijuí - local de muitos casarões, prédios históricos e sobrados residenciais dos primeiros imigrantes e moradores da cidade de Ijuí - Parte II

Série sobre as principais ruas de Ijuí - Um panorama visual e arquitetônico! 

Rua 19 de outubro:                                                                                                                               
     Inicia na Avenida 21 de Abril (Centro NORTE-OESTE) como prolongamento da José Gabriel, penetrando na altura da oitava quadra, no bairro São José. Ultrapassa este Bairro (pelo espaço de dez quadras) e entra no Bairro Boa Vista, onde termina na rua Cassiano Ricardo. Possui um total de vinte quadras, sentido Sul/Norte. É a rua que cruza em frente ao antigo Frigorífico Serrano.

Rua de muitos casarões e sobrados residenciais dos primeiros imigrantes e moradores de Ijuí - mostra da riqueza e opulência de alguns dos primeiros comerciantes da cidade
Neste prédio por muitos anos foi armazenado grãos de trigo e de soja.
Parte do grande armazem agrícola foi derrubada. Resistiu até agora esse prédio que parece estar abandonado, ou melhor, não sendo usado de forma comercial.
Visual da rua 19 de Outubro a partir da rua do Comércio em direção norte, ao bairro São José. No lado esquerdo, esquina encontra-se o casarão histórico e sobrado residencial da família Glitz.
Sobrado residencial da familia Glitz, cuja construção teria acontecido entre 1906-1908.
Reportagem histórica sobre o casarão da família Glitz escrita pelo jornalista e historiador Ademar C. Bindé, e publicada no jornal "O Repórter", do dia 16/04/2011.
"Nas sacadas e nas janelas havia floreiras de zinco com um cano saliente para a água não sujasse as paredes".
Muitas histórias e lembranças atrás e diante de uma janela centenária!
Detalhes artísticos em todas as janelas e sacadas, e na verdade em todo o prédio.
Outro perfil e fachada do imponente casarão representando a riqueza e a opulência de alguns dos primeiros imigrantes e comerciantes da então Colônia de Ijuhy
Em frente a Casa Comercial e Hotel Glitz Emil mandou em 1906 construir esse sobrado
para a sua família, que já era um tanto numerosa.O andar superior comportava duas moradias.
"Na entrada da casa de
moradia, havia uma escadaria e
um portão também de ferro
trabalhado e com vasos de
folhagem: uma espécie de
jardim de inverno …"
Detalhes e trabalhos artísticos nas paredes embelezam o grande casarão.
“As sacadas
eram de ferro trabalhado e,
em cada canto, uma floreira..."
"As
portas eram envidraçad
as e
com cortininha
s rendadas”.
"O andar térreo e o porão
eram usados para depósito
de cereais..."
Prédio com mais de 100 anos de idade, ainda apresenta execente conservação externa.
Postar um comentário