domingo, 18 de julho de 2010

A história do Poder Legislativo de Ijuí

    A história do Poder Legislativo em Ijuí começou a ser escrita a 30 de dezembro de 1912, quando foi eleito o primeiro intendente (prefeito) e os primeiros conselheiros municipais (vereadores). Lamentavelmente, parte desta história está irremediavelmente perdida pela inexistência de documentos oficiais que registraram a atuação dos conselheiros até 1947. Restam alguns poucos registros graças aos veículos de comunicação e a depoimentos orais, que constituem elos entre o passado e o presente de nossa história. A historiadora Teresa Neumann de Souza Christensen diz que “nada melhor do que o que foi escrito ou foi dito sobre algo ou determinada época para dimensionar sua evolução”, pois é através da palavra oral ou escrita que o homem faz a ligação entre o passado e o presente.
     Com o fim da Era Vargas o País vive um novo momento democrático que tem no fortalecimento do Poder Legislativo um marco histórico. É a partir de 1946 que se define, no âmbito dos municípios brasileiros, a figura das Câmaras Municipais como órgãos legisladores. A partir desta época é possível construir um registro fiel a evolução do Poder Legislativo ijuiense. Seja pelos anais da Câmara de Vereadores, pelos registros da imprensa ou pelos depoimentos orais é possível confirmar que importantes personagens da história de Ijuí estiveram ligados, pela força do voto popular, com o Poder Legislativo. Alguns deles, na continuidade da vida pública, alçaram vôos maiores, alcançando importantes funções no Executivo municipal e estadual, no Legislativo estadual e federal e até mesmo no Judiciário.
      Deixamos aqui registrada uma parte da história da comunidade ijuiense que tantos outros personagens darão continuidade, tendo, certamente, como objetivo um trabalho dedicado e ético pelo fortalecimento do município de Ijuí.

ANÁLISE E DIAGNÓSTICO DE UMA AGROINDÚSTRIA PROCESSADORA DE ERVA-MATE DA REGIÃO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
Pesquisas e texto dos jornalistas Ademar Campos Bindé e Carlos José R. Bindé, publicado em 2006, e disponível em: http://www.camaraijui.com.br/historico_camara.pdf

Postar um comentário