quarta-feira, 4 de maio de 2011

A presença do Movimento Comunitário de Base em Ijuí - nas década de 60 e 70. A organização cooperativa foi uma das bandeiras de mobilização do MCBI, especialmente, junto à população da agricultura familiar. Textos de Argemiro J. Brum e Walter Frantz

Reprodução de artigo publicado no jornal Correio Serrano, 05/11/1967.
               

         Artigo especial apresentado pelo professor da Universidade de Ijuí  - UNIJUÍ, dr. Walter Frantz (w.frantz@uol.com.br)
no V Encontro de Pesquisadores de Cooperativismo realizado em Ribeirão Preto, SP, nos dias 6 a 8 de agosto de 2008. Texto disponível em: http://www.fundace.org.br/cooperativismo/arquivos_pesquisa_ica_la_2008/017-frantz.pdf

Resumo

O texto faz parte de um projeto de releitura da história do MCBI – Movimento Comunitário de Base de Ijuí (MCBI), Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. A organização cooperativa foi uma das bandeiras de mobilização do MCBI, especialmente, junto à população da agricultura familiar. O MCBI representa uma significativa experiência histórica, voltada à organização do quadro social e à educação para a cooperação. O objetivo é o de trazer ao debate crítico atual essa experiência e, assim, contribuir com a reflexão sobre a organização do quadro social em cooperativas e sobre o sentido e o uso da educação para a cooperação. A presente abordagem será feita a partir de dados bibliográficos.
No entanto, o texto também revela a percepção e interpretação dos fatos, a partir da participação direta e pessoal do autor. O estudo ainda está em andamento e se orienta pela debate teórico sobre movimentos sociais e cooperativismo.

Palavras-chave: Movimento social, movimento cooperativo, educação para a cooperação.

Postar um comentário