sábado, 30 de outubro de 2010

Capital social e educação: a experiência de Ijuí - RS

O artigo “Capital social e educação: a experiência de Ijuí, RS”, foi escrito pelo professor Dejalma Cremonses (http://www.capitalsocialsul.com.br/capitalsocialsul/). O trabalho (disponível em sua íntegra em: http://br.monografias.com/trabalhos915/capital-social-educacao/capital-social-educacao.shtml#resumoa) está dividido em três seções específicas. A primeira trata da evolução do conceito “capital social” a partir da obra “A democracia da América de Tocqueville”. (A democracia na América, 1962) até Robert Putnam (Comunidade e demo­cracia: a experiência da Itália Moderna, 2002) na tradição da Ciência Política. Isso porque, embora o autor não tenha citado tal conceito, é possível perceber o “espírito” do capital social presente entre a sociedade norte-americana em meados do século XIX. No século XX, Hanifan cita o conceito pela primeira vez e, a partir dos anos 60 e 70, o conceito entra em evidência, principalmente com os estudos de Putnam. A segunda seção apresenta uma breve descrição do município de Ijuí, localizado no Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (evolução histórica) para, na última seção, tratar de aspectos ligados à educação e a relação com níveis de civismo (capital social) entre os ijuienses.
 Através de uma pesquisa empírica (análise dos resultados do survey, 2005) será comprovada a hipótese de que os níveis de civismo (conança, cooperação, participação) de uma comunidade dependem dos níveis de escolaridade dos mesmos. Ou seja, quanto maior o grau de instrução das pessoas, maior o grau de civismo das mesmas.
  O e-mail de contato com o professor Dejalma Cremonese que atualmente trabalha no Instituto de Sociologia e Política da Universidade Federal de Pelotas – UFPEL é: dcremo@uol.com.br
  Além deste artigo Dejalma Cremonese (que morou e foi professor na UNIJUÍ, entre os anos de 1998 até julo de 2009) escreveu outro importante artigo onde novamente a cidade de Ijuí é objeto de pesquisa e análise. Chama-se “Capital social e padrões de participação político-social em Ijuí, RS”. O mesmo também está disponível em nosso blog.

Postar um comentário